Citations:ele

Portuguese citations of ele, ela, eles, and elas

Pronoun: he; she; they (third-person personal pronouns, nominative case - one or more people or animals already known or implied)Edit

  • No dia seguinte, os dois viram-se e evitaram-se em silêncio, como se nada de extraordinário houvera entre eles acontecido na véspera.
  • — Que lhe não quero mal, nem lhe rogo pragas, mas que é bem feito que ela amargue um pouco do pão do diabo, pra ficar sabendo que uma mulher direita não deve olhar se não pra seu marido; e que, se ela não fosse tão maluca...
  • 2005, Matthew D. Bauer, O Poder de Cura da Acupressura e da Acupuntura, Editora Pensamento, →ISBN, page 142:
    Se você sentir que a acupuntura incomoda, discuta o assunto com o seu acupunturista. Se não ficar satisfeito com o que ele lhe disser, procure outro acupunturista que use agulhas mais finas.
  • 2006, Rinaldo de Fernandes, Quartas histórias: contos baseados em narrativas de Guimarães Rosa, Editora Garamond, →ISBN, page 99:
    Ninguém ia desconfiar dele com aquela cara de abestado. Até que era bom ter cara de abestado, nunca que fossem pensar que tinha sido ele.
  • 2006, Richard Diegues, André Vianco, Alexandre Heredia, Visões de São Paulo - Ensaios Urbanos, Tarja Editorial, →ISBN, page 13:
    Formigas. Formiguinhas pequenininhas, marchando em linha. E elas falam. Elas dizem coisas impossíveis de entender porque eu não falo formiguês.
  • 2012, Luís Fernando Veríssimo, “A tática da bolsa”, in Diálogos Impossíveis, Editora Objetiva, →ISBN, page 119:
    A Jussara estava a fim de um cara e bolou um plano para conhecê-lo. Ou para ele a conhecer.
  • 2012, Daniel Galera, Barba ensopada de sangue, Editora Companhia das Letras, →ISBN, page 205:
    Ela passava as tardes livres da infância vendo a Sessão da Tarde na televisão e comendo nuggets com ketchup.
  • 2012, José Carlos Ribeiro, As Bayadeiras, Editora Baraúna, →ISBN, page 60:
    O povo gritava e ela balançava as mãos, ora abanava o lenço.
  • 2014, Fernando MF Oliveira, Divagar, Devagarinho, Editora Dracaena, →ISBN, page 7:
    Amigo que é amigo mesmo, só pode ser “amigo do peito”, pois é no peito que ele estará incrustado, porque é lá que está o coração que sente.
  • 2015, Stanislaw Ponte Preta, Febeapá, Editora Companhia das Letras, →ISBN, page 243:
    Lá para as tantas passaram umas sergipanas jeitosas e o bêbado disse uns pissilones para elas, o que provocou imediatamente os brios dos rapazes locais. Apareceu logo um querendo baixar o porrete no atrevido, no que foi contido pelos outros.


Noun: el (the name of the letter "L"/"l")Edit