Open main menu

Contents

PortugueseEdit

EtymologyEdit

Named after French writer Honoré de Balzac +‎ -iana, referring to his 1842 novel La Femme de trente ans [The Thirty-Year-Old Woman].[1]

PronunciationEdit

NounEdit

balzaquiana f (plural balzaquianas)

  1. thirtysomething (woman in her thirties)
    • 1959, Clodomir Vianna Moog, Uma jangada para Ulisses:
      Entre o elemento feminino sobressaiu-se desde logo uma mulher alta, morena, olhos negros, desempenada, dos seus vinte e oito a trinta anos, em todo o caso nada além dos trinta, uma balzaquiana como se costuma dizer.
      Among the feminine element a tall, dark-haired woman with black eyes and straight posture soon stood out, twenty-eight to thirty years old, certainly not over thirty, a thirtysomething, as they say.
    • 2006, Pedro Mexia, Primeira pessoa, →ISBN:
      O elemento etário como componente da sedução erótica perdeu largamente o seu peso. De repente, não há diferença entre Balzac e Nabokov: uma balzaquiana pode também ser uma lolita.
      The age element as a component of erotic seduction has largely lost its weight. Suddenly, there is no difference between Balzac and Nabokov: a woman in her thirties can also be a lolita.

AdjectiveEdit

balzaquiana f sg

  1. Feminine singular of adjective balzaquiano.

ReferencesEdit

  1. ^ balzaquiana” in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa. [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019.